Reflexão para maus gestores

Reflexão para maus gestores.


"Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; algumas por algum tempo; mas não consegue enganar a todas por todo o tempo."Abraham Lincoln.

terça-feira, 17 de março de 2015

Município de Eusébio não tem central de vagas voltada para a rede de ensino.

25/02/2015 - MPCE EXPEDE RECOMENDAÇÃO SOBRE VAGAS EM ESCOLAS DO EUSÉBIO


       O Ministério Público do Estado do Ceará emitiu uma recomendação direcionada ao prefeito do Eusébio, José Arimateia Lima Barros Júnior, e à secretária de Educação do Município, Ivonilde Silva dos Santos, solicitando que seja feito um recenseamento das crianças e dos adolescentes que estejam em idade escolar. Além disso, o MPCE pede que eles relacionem quantos adolescentes estão matriculados no Ensino de Jovens e Adultos (EJA), informando a idade de cada um e até que série eles estudaram no ensino regular. 

      Os dados devem ser apresentados ao MPCE dentro de 45 dias. O documento foi expedido pela promotora de Justiça Emilda Afonso de Sousa, no dia 10 deste mês, e os gestores devem enviar uma resposta sobre a aceitação da recomendação até a próxima segunda-feira (2).
Entre outras coisas, o MPCE tomou conhecimento de casos relatados pelo Conselho Tutelar sobre crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade que não estão regularmente matriculados em alguma instituição de ensino por falta de vagas. O MPCE entende que essa conduta por parte da Prefeitura viola o direito do amplo acesso à educação de qualidade, de forma a comprometer o pleno desenvolvimento e o exercício da cidadania.

      Em 21 de janeiro deste ano, o MPCE havia oficiado a Secretaria de Educação pedindo providências para o caso de uma aluna que não estava matriculada em uma escola perto de casa por falta de vagas. Nessa ocasião, foram solicitadas também informações sobre a existência ou não de uma central de vagas voltada para a rede de ensino. A Prefeitura respondeu informando que não dispõe do referido setor, mas que iria empreender os esforços necessários para a implantação dele, sem, no entanto, informar quais seriam os procedimentos e os prazos adotados. Por conta disso, na recomendação expedida este mês, o MPCE pede também um detalhamento dessa implementação.



Fonte: Ascom

domingo, 15 de março de 2015

REPASSES DO GOVERNO FEDERAL PARA O MUNICÍPIO DE EUSÉBIO


ESTES SÃO OS REPASSES DO GOVERNO FEDERAL PARA O MUNICÍPIO DE EUSÉBIO EM JANEIRO DE 2015. ELES AINDA ALEGAM QUE USAM RECURSOS PRÓPRIOS. PODEM ENGAR ALGUNS, MAIS EU ESTOU DE OLHO! DIVULGAREI O QUE O POVO DEVE SABER, ISSO QUE É TRANSPARÊNCIA PUBLICA,


sexta-feira, 6 de março de 2015

GESTORES DE EUSÉBIO FOGE DA RESPONSABILIDADE FISCAL


QUANDO ESTE BLOG PERGUNTA PARA ONDE VAI OS IMPOSTOS DOS CONDOMÍNIOS DE LUXO, AINDA QUEREM CENSURAR. COMO PODE UM DOS MUNICÍPIO ARRECADAR TANTO E NÃO INVESTIR NOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO, ATÉ O MUNICÍPIO VIZINHO (ITAITINGA) ONDE A ARRECADAÇÃO É BEM INFERIOR, DEU AUMENTO CONFORME A LEI. 

ISTO É UMA IMORALIDADE, UM DESRESPEITO AOS PROFESSORES, SE É LEI, PORQUE NÃO ESTÃO CUMPRINDO?
ISSO É UMA IRRESPONSABILIDADE FISCAL, E O POVO EUSEBIENSE MERECEM MAIS RESPEITO E TRANSPARÊNCIA 




REAJUSTES

Só 30 municípios do CE pagam Piso Nacional a professores

06.03.2015

O valor mínimo a ser pago é R$ 1.917,78. Mas, muitos gestores alegam dificuldades para cumprir

reg1
Quixadá Dois meses após o Governo Federal ter estabelecido o novo reajuste no salário dos professores públicos em 13,01% apenas 30 municípios do Ceará estão cumprindo a Lei do Piso Nacional do Magistério. Esse é o resultado do último levantamento feito pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) junto aos sindicatos de servidores filiados. Quixadá e Ibaretama, municípios do Sertão Central, se destacam por terem concedido percentuais acima do estabelecido, com 20% e 17% respectivamente.
Ainda de acordo com o levantamento da Fetamce, noutros dois municípios, Canindé e Ocara, foram beneficiados apenas os professores com formação de Nível Médio. Nas outras 28 cidades o índice de reposição salarial foi aplicado de forma linear, contemplando também os educadores graduados, mestres e doutores. Maracanaú teve crescimento dos salários de 10% para todos. Já em Quixeramobim, só se alcançou o reajuste de Nível Médio, que ficou em 8,02%.
Conforme a secretária de Educação de Quixeramobim, Sandra Castro, seu Município já está pagando o Piso Nacional, de R$ 1.917,78. Ela destacou também que todo o magistério está sendo beneficiado. No total, são 1.397 educadores.
O reajuste apontado pela entidade sindical, de 8,02%, é inferior ao estabelecido para este ano porque em 2014 toda a categoria de educadores recebeu dois reajustes de salário, um no mês de março e o outro em julho, superando o valor nacional. Atendendo o percentual estabelecido neste ano o piso poderá chegar a R$ 2.005.05.
O secretário de Educação de Ocara, Regivaldo da Silva, também contesta a informação da Fetamce. Segundo ele todos os professores estão recebendo o piso estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC). Além do reajuste máximo para os educadores com Ensino Médio, as outras classes receberam 10% de reajuste, também ficando acima do estipulado por lei, apesar do repasse disponibilizado para a Educação ser apenas de 3,47%.
O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) é a fonte de custeio da Educação Básica no Brasil. Segundo a Fetamce, haverá aumento médio de 6% na receita do Fundeb em 90% dos municípios do Estado.
De acordo com a presidente da Fetamce, Enedina Soares, diante do cenário de rápida concessão do benefício, estaria rechaçada a alegação dos prefeitos cearenses de que faltam recursos para pagamento dos profissionais do magistério. "Além disso, está previsto crescimento das receitas da educação e houve recebimento de complementos da união", ressaltou.
Avaliação da Aprece
Sobre os outros municípios onde o piso dos professores ainda não está sendo cumprido, o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) Expedito José do Nascimento, informou haver interesse de todas as prefeituras em pagarem o piso estabelecido pelo Governo. Entretanto, a maioria está enfrentado problemas financeiros e buscando readequar suas folhas de pagamento. Quando concluírem os estudos de impacto nas suas contas as prefeituras efetuarão o pagamento com data retroativa.
O presidente da Aprece ressaltou como principal dificuldade para os gestores públicos municipais o esforço na melhoria da qualidade de ensino. Expedito do Nascimento citou como exemplo a redução do número de alunos por sala de aula, antes na média de 40 e agora no máximo 25. Com essa mudança os municípios foram obrigados a admitir mais professores, todavia, o repasse feito pelo Ministério da Educação é feito pelo número de alunos e não acompanhou as reais necessidades financeiras de valorização dos educadores.
Na região Centro-Sul do Ceará, as Prefeituras estão cortando despesas e fazendo esforços para efetuar em dia o pagamento de salário mínimo aos servidores e implantar o novo valor do Piso Nacional dos Professores. "É Lei e estamos cumprindo", observou a secretária de Educação do Município de Iguatu, Diana Mendonça. A maioria das cidades está assegurando o reajuste salarial aos docentes.
A ex-secretária de Educação de Icó, Edileuza Souza, acredita a maioria das cidades vai ter dificuldades iniciais para o pagamento do novo piso do magistério. "Vai trazer impactos e o aumento de receitas não é proporcional ao reajuste do piso. A saída para os municípios é a União complementar os recursos com base no custo por aluno", disse.
A presidente do Sindicato dos Servidores do Município de Ipaumirim, Terezinha Gonçalves, disse que até o momento a Prefeitura ainda não anunciou o reajuste do salário dos servidores. "Há informações de que vai cumprir o piso salarial dos docentes e que o aumento seria de apenas R$ 26,00 para o professor de nível médio com 20 horas semanais", explicou. "Isso é um absurdo e vamos realizar, no próximo dia 11, uma manifestação, uma caminhada do centro até o Fórum de Justiça".
Os professores lutam para a implantação da jornada extraclasse, um terço para planejamento, mas as Prefeituras alegam dificuldades financeiras para conceder o benefício. "Os professores de 40 horas recebiam acima do piso, mas a maioria é de 20 horas, ganhando a metade", observou Terezinha.
"Se a jornada extraclasse for implantada, haverá necessidade de contratação de mais professores ampliando a folha de pagamento", observa a pedagoga Eleneuda Souza. "Vai trazer mais dificuldades para os gestores cumprirem a Lei de Responsabilidade Fiscal".
Greves no Cariri
Na região do Cariri cearense, a falta do pagamento do reajuste do Piso Nacional do Magistério, em 13,01%, resultou na paralisação de professores nos municípios de Barro e Juazeiro do Norte. Na terra de Padre Cícero, a paralisação, por tempo indeterminado, foi acatada pelos docentes durante assembleia realizada pela categoria no dia 19 de fevereiro. Na ocasião, cerca de 700 professores participaram da reunião que resultou na deflagração do estado paredista.
A greve dos professores em Juazeiro do Norte é uma resposta ao governo do Município, que conseguiu aprovar, na Câmara de Vereadores, projeto de Lei que reajustou os salários de todas as categorias dos servidores municipais em 6,5%. O professorado exige que sejam aplicados os percentuais de 13,01% anunciados em janeiro pelo Ministério da Educação, referentes ao Piso Nacional do Magistério, que ampliou de R$ 1.697,00 para R$ 1.917,78 a referência mínima para o vencimento das carreiras de professores com formação de nível médio.
Em Barro, os docentes decidiram paralisar as atividades no último dia 24. Os grevistas querem que seja feita a aplicação do reajuste concedido pelo governo federal, bem como a liberação dos pagamentos referentes ao adicional por tempo de serviço (anuênios), pagamento das referências constantes no Plano de Cargos, Carreira e Salários do Magistério (PCCS) e do adicional de hora/aula para o profissional polivalente, retirado desde o ano passado pelo município, dentre outras demandas.
Na última terça-feira (3), um acordo entre o Município e os grevistas solucionou, temporariamente, a situação. Durante audiência na Justiça, a Prefeitura solicitou prazo de 15 dias para que pudesse analisar as propostas da categoria e aplicá-las dentro das possibilidades financeiras existentes. Por sua vez, os professores decidiram retornar, ontem (quinta-feira), às salas de aula e por fim ao movimento paredista. No entanto, conforme a presidente do Sindicato dos Professores Municipais de Barro, Paula Bezerra, caso não haja o cumprimento do acordo proposto pela Prefeitura, os professores retomarão a greve.
"Os professores entenderam que era possível dar um voto de confiança à administração do Município. Porém, caso as reivindicações da categoria não sejam atendidas no prazo solicitado pela Prefeitura, os professores retomarão a greve por tempo indeterminado", disse.
regional
Mais informações:
Fetamce
Rua Padre Barbosa de Jesus, 820 - Fortaleza
Telefone: (85) 3226-1788
Aprece
Rua Maria Tomásia, 230 - Fortaleza
Telefone: (85) 4006-4000
Alex Pimentel / Sucursais
Colaborador

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Vereador 'Aonde É' é preso em flagrante em Fortaleza

TANTA POLEMICA NO CASO DESTE VEREADOR, TODOS SABEM QUE ESTA PRATICA É COMUM ENTRE PARLAMENTARES ELEITOS, ELES FAZEM A CAMPANHA JÁ PROMETENDO ASSESSORIAS AOS CABRAS ELEITORAIS, MAIS NA HORA DO PAGAMENTO ELES FICAM COM A METADE.

NO MUNICÍPIO DE EUSÉBIO NÃO É DIFERENTE, TEM ASSESSOR DE PARLAMENTAR QUE NEM SABE O CAMINHO DA PREFEITURA, E TODO MÊS TEM UMA QUANTIA EM SUA CONTA, OUTROS RECEBEM EM CASA DA MÃO DOS PRÓPRIOS PARLAMENTARES(A). O MPF (MINISTÉRIO PUBLICO DE FORTALEZA)   E O TCM (TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS) JÁ TEM A RELAÇÃO DOS NOMES DOS MARAJÁS DE EUSÉBIO.

MATÉRIA
VALDEMAR COSTA  



vereador Antônio Farias de Sousa, o "Aonde É" (PTC), foi preso em flagrante na tarde desta sexta-feira (26) em uma agência do Banco do Brasil por pegar para si o saláriode um de seus assessores. Antônio Farias foi conduzido por policiais civis ao 2° Distrito Policial (DP) no bairro Meireles onde foi autuado em flagrante pelo crime de Concussão, previsto no artigo 316 do Código Penal Brasileiro, que consiste em adquirir vantagem de algo para si ou para outros. O crime é inafiançável.


O vereador acompanhava um de seus assessores parlamentar e esperava que ele realizasse o saque de R$ 1.900, referente ao pagamento do mês, para ficar com a quantia. A vítima fez uma denúncia à Polícia Civilmomentos antes da ação que resultou na prisão do parlamentar. A delegada do 2° DP, Socorro Portela, frisou que a ação não foi 'montada' pelas equipes policiais. O vereador e o assessor, que não teve o nome divulgado, foram levados para a delegacia onde prestaram depoimento na tarde desta sexta (26).

Fonte:http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/policia/online/vereador-aonde-e-e-preso-em-flagrante-em-fortaleza-1.1110106

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

GREVE DOS PROFESSORES EM EUSÉBIO POR UM SALARIO JUSTO


No dia 5 de fevereiro o deputado Bruno Gonçalves na Assembleia legislativa de Fortaleza, vez uma grande referencia da administração de Eusébio, principalmente na área da educação. E no dia 6 os professores entra em greve revindicando melhor salario, pois o governo deu de aumento aos professores  13,1%  e o prefeito de Eusébio só concedeu 6%.

As condições de trabalho nas escolas municipais são bem precárias diz uma funcionaria, e que tem professores que só esta dando aula por amor aos alunos, e que a anos que as escolas não recebem cadeiras novas, e que as mães de alunos reclamam que os alunos chegam em casa com a farda rasgada devido ter pregos expostos.  

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

O que é o Programa Minha Casa Minha Vida - Recursos FAR

Alguém sabe se já esta em construção as casas 

prometidas pelos vereadores na

 eleição de 2012 em Eusébio? e se os 

documentos das outras já entregue ha 8 anos 

os moradores estão de posse? 
A ELEIÇÕES DE 2016 ESTA AS PORTAS! 


Como funciona

​Assinatura do Termo de Adesão

O Governo Estadual ou Municipal assina o Termo de Adesão com a Caixa, que, a partir desse momento, passa a receber propostas de compra de terreno e produção ou requalificação de empreendimentos para análise. A Caixa avalia, ainda, toda a​ ​​​documentação.​​​

Contratação da operação

Após a análise, a Caixa contrata a operação e acompanha a execução das obras pela construtora. Vale lembrar que os Termos de Adesão já assinados têm validade até 30/04/2012, devendo para esses municípios ser promovida a repactuação das condições de participação no programa mediante a assinatura de novo Termo de Adesão.​

Procedimentos a serem realizados pelo Poder Público​ 

​A indicação e seleção dos beneficiários é de responsabilidade do Poder Público e deve ser apresentada à Caixa em até oito meses contados da contratação do empreendimento, conforme critérios nacionais e adicionais de priorização, definidos na Portaria nº 595 do Ministério das Cidades, de 18/12/2013.

Participantes


Caixa Econômica Federal – Instituição financeira responsável pela definição dos critérios e expedição dos atos necessários à operacionalização do programa, bem como pela definição dos critérios técnicos.

Ministério das Cidades – Responsável por estabelecer diretrizes, fixar regras e condições, definir a distribuição de recursos entre as Unidades da Federação, além de acompanhar e avaliar o desempenho do programa.

Ministério da Fazenda e do Planejamento, Orçamento e Gestão - Em conjunto com o Ministério das Cidades, poderá rever anualmente os limites de renda familiar dos beneficiários e, ainda, fixar a remuneração da Caixa pelas atividades exercidas no âmbito do programa.

Distrito Federal, Estados e Municípios ou respectivos órgãos das administrações direta ou indireta, que aderirem ao programa -Têm sua participação estabelecida por meio de assinatura de Termo de Adesão com a Caixa. Visa assegurar a sua colaboração nas ações em prol do desenvolvimento de fatores facilitadores à implementação dos projetos, destacando-se a indicação das áreas priorizadas para implantação dos projetos, isenção de tributos, aporte de recursos, indicação da demanda, indicação de solicitantes para a venda dos empreendimentos e execução do Trabalho Técnico Social junto aos beneficiários dos empreendimentos implantados.

Empresas do setor de Construção Civil - Participam na apresentação de propostas e execução dos projetos aprovados para aquisição de unidades habitacionais na forma estabelecida pelas normas do programa e realiza a guarda dos imóveis pelo prazo de 60 dias após a conclusão e legalização das unidades habitacionais.

Público-Alvo 

Famílias com rendimento bruto mensal de até R$1.600,00.


Condições

Orçamento

A distribuição orçamentária é feita nas 27 Unidades Federativas do Brasil, conforme a ​​​meta f​​ísica de unidades habitacionais por Unidade da Federação.
Para fins de contratação são selecionados, preferencialmente em cada unidade da federação, os projetos que apresentarem as seguintes características:
-Maior contrapartida do setor público local, na forma prevista a seguir:
-Promover ações que facilitem a execução de projetos, na forma disposta no art. 4º do Decreto nº 7.499, de 16 de junho de 2011;
-Estender sua participação no programa, sob a forma de aportes financeiros, bens ou serviços economicamente mensuráveis, necessários à realização das obras e serviços do empreendimento;
-Menor valor de aquisição das unidades habitacionais;
-Existência prévia de infraestrutura (água, esgoto e energia);
-Existência prévia de equipamentos sociais, compatíveis com a demanda do projeto;
-Implantação pelos municípios dos instrumentos da Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001, voltados ao controle da retenção das áreas urbanas em ociosidade e implantados em municípios integrantes de territórios da cidadania, nos casos de municípios com população entre 20 e 100 mil habitantes.
Serão priorizados, independentemente de sua localização ou porte populacional do município, os projetos destinados a atender demanda habitacional decorrente de:
-Crescimento demográfico resultante do impacto de grandes empreendimentos.
-Situação de emergência ou de calamidade pública declarada por Decreto Municipal e reconhecida por Decreto Estadual e Portaria da Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional.

Características dos empreendimentos
O número de unidades habitacionais por empreendimento é estabelecido em função da área e do projeto, limitado sempre que possível em 500 unidades por empreendimento. Os empreendimentos na forma de condomínio devem ser segmentados em número máximo de 300 unidades habitacionais.

As unidades habitacionais apresentam tipologia de casas térreas ou apartamentos.

Tipologia mínima apresentada para casa térrea:
-02 quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço;
-Transição: área útil mínima de 32 m² (não computada área de serviço).
-Acessibilidade: área útil mínima de 36 m² (não computada área de serviço).

Tipologia mínima apresentada para apartamento:
-02 quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço;
-Transição: área útil mínima de 37 m².
-Acessibilidade: área útil mínima de 39 m².

Diretrizes

As diretrizes gerais para aquisição e alienação dos imóveis estão definidas na Portaria Ministério das Cidades nº 168, de 12.04.2013 e Portaria Ministério das Cidades nº 363, de 12.08.2013.​

 Equipamentos Públicos

Equipamentos públicos são aqueles destinados à assistência social, segurança e outros a critério da Secretaria Nacional de Habitação..
A contratação de equipamentos públicos é realizada pela Caixa, a partir de indicação do terreno pelo Poder Público. Ao término da construção, o equipamento é repassado ao Poder Público, que se compromete a equipá-lo e colocá-lo em funcionamento.
A edificação dos equipamentos de educação, saúde e outros complementares à habitação observará as políticas setoriais federais, estaduais, distritais ou municipais. Seus valores máximos estão limitados pelos responsáveis das políticas setoriais federais.
A soma dos valores a serem custeados pelo FAR para a edificação dos equipamentos públicos está limitada a 6% (seis por cento) do valor da edificação e infraestrutura do empreendimento ao qual ele está vinculado.

Fonte:http://www.caixa.gov.br/poder-publico/programas-uniao/habitacao/minha-casa-minha-vida/Paginas/default.aspx

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Guerra fiscal na Região Metropolitana de Fortaleza?


NÃO É ATOA QUE OS GESTORES DO MUNICÍPIO DE EUSÉBIO ESTÃO ENRIQUECENDO ILICITAMENTE.
TEM ATÉ HISTÓRICO DE UMA VEREADORA ISENTAR IPTU DE EMPRESA FALIDA EM TROCA DE TERRENOS... 


NOTÍCIA
0 COMENTÁRIOS


A cidade de Fortaleza tem perdido alguns investimentos para municípios de regiões vizinhas que oferecem descontos em impostos e terrenos para empresas. Cidades como Eusébio e Caucaia, por exemplo, conseguiram estabelecer polos de serviço em função de estratégias de desoneração.

Essas vantagens comparativas, entretanto, poderão ficar mais difíceis. Embora o secretário de Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Robinson de Castro, diga que não pretende entrar em nenhuma guerra fiscal contra as cidades da Região Metropolitana, estão sendo montados projetos que darão a Fortaleza condições para entrar na briga por investimentos.

Uma minuta com as regras de benefícios fiscais está sendo avaliada pelas secretarias de Meio Ambiente (Seuma) e de Finanças (Sefin). Robinson de Castro antecipa que a Prefeitura de Fortaleza quer atrair negócios para as áreas mais pobres da cidade. Esses projetos podem funcionar como âncoras de emprego e desenvolvimento dos bairros, de acordo com a sua vocação.

O projeto está sendo preparado para entrar em vigor no início do próximo ano. Na visão de Robinson, 2014 seria o ano de preparação da estratégia e, 2015, o de início da execução desses projetos. A ideia é descentralizar os negócios na cidade e permitir o aumento da arrecadação, sem mexer muito com quem já está instalado.

Para evitar um leilão de impostos e terrenos entre as cidades, o secretário avisa que chamará os secretários da Região Metropolitana para conversar sobre o assunto e tentar evitar possíveis conflitos.

Embora guerra fiscal não seja algo saudável para os municípios, o fato de Fortaleza entrar na briga pode resolver algumas distorções. Atualmente é comum empresas utilizarem o seguinte instrumento: são abertas formalmente em municípios vizinhos e continuam atuando em Fortaleza. Ou seja, as companhias conseguem o benefício, mas não geram os empregos no local onde são incentivadas. Com uma política fiscal de Fortaleza diferenciada, esse problema pode acabar.

ESTRATÉGIA

FORTALEZA GANHARÁ FUNDAÇÃO DE PESQUISA E GESTÃO DE IMÓVEIS

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Fortaleza (SDE) também pretende criar uma fundação para realizar pesquisas estratégicas. A instituição fará o mapa das vocações econômicas da cidade e a gestão dos imóveis da Prefeitura que poderão ser utilizados para a instalação de empresas. A partir do desenho desse mapa das vocações, será gerenciado o programa de incentivos para a instalação de empresas da Prefeitura. Quanto mais pobre a região da cidade, maior a possibilidade de redução de IPTU, ISS e ITBI.

MINHA CASA

IMÓVEIS PARA BAIXA RENDA

O mercado imobiliário para a baixa renda continua com uma grande demanda reprimida. O presidente do Sindicato das Construtoras do Ceará, André Montenegro, diz que o volume de negócios não é mais o mesmo de 2012, quando se chegava a vender prédios inteiros em poucos dias, mas esse segmento permanece aquecido, em função dos subsídios oferecidos pelo programa Minha Casa, Minha Vida. O problema, na visão do empresário, é conseguir terrenos disponíveis em Fortaleza para novos projetos.

MERCADO

INVESTIDORES CAUTELOSOS

Os investidores estrangeiros estão mais cautelosos com relação à realização de negócios no Brasil. Além das denúncias de corrupção, o Brasil tem ganhado a fama de país complicado e com uma legislação difícil para a instalação de empresas. Apesar desses problemas, há o reconhecimento das potencialidades de alguns mercados. Falta os governos repensarem a burocracia para facilitar a instalação de empresas e a geração de novos empregos.

MISSÃO EM PORTUGAL

NEGÓCIO EM ENERGIA E MEIO AMBIENTE

O presidente da Câmara Brasil-Portugal, José Maria Zanocchi, diz que, mesmo com a imagem do Brasil meio abalada no mercado externo, a missão empresarial realizada em Lisboa foi positiva. Alguns investidores portugueses demonstraram interesse principalmente nas áreas de energia e de reciclagem de resíduos sólidos.

Na área de energia, empresas portuguesas estão avaliando sua participação nos leilões de energia que estão sendo promovidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

COELCE

DIFÍCIL INSTALAÇÃO

Alô, Coelce! Empresas instaladas no Ceará continuam reclamando dos serviços para a instalação de subestações de energia. Algumas companhias informam que não estão sendo atendidas as solicitações e que a demora tem atrapalhado o andamento dos projetos.

RÁDIO

O POVO Economia na Rádio O POVO/CBN (95.5), a partir das 14 horas. Destaque para o quadro “Atacado e Varejo”, com o jornalista Eliomar de Lima.

TV

O POVO Economia entrevista hoje, na TV OPOVO, o presidente do Sinduscon, André Montenegro; o secretário de Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Robinson de Castro; a consultora da Action Coach, Vera Lima; e o sócio-diretor da Frisabor, Marcelo Meyer. Hoje, às 23 horas (UHF/aberta - 48; Multiplay- 28; NET-24).

PARA LER

O Mito do Governo Grátis – o mal das políticas econômicas ilusórias e as lições de 13 países para o Brasil mudar

Autor: Paulo Rabello de Castro

Resumo: o “mito do governo grátis” é um conceito trabalhado pelo professor Paulo Rabello de Castro. Segundo ele, trata-se de fenômeno político que promete distribuir vantagens e ganhos para todos, sem custos para ninguém. O autor afirma que se trata do ápice do ilusionismo político, que deixa um rastro de atraso, decadência e injustiça social.

Editora: Edições de Janeiro

Marcadores

EDIÇÃO DIÁRIO DO NORDESTE (250) CHARGES ENGRAÇADAS (65) REFLEXÃO DIARIA (33) SÓ PARA LEMBRAR (27) BAIRRO CENTRO DE EUSÉBIO (22) EDIÇÃO JORNAL O POVO (21) PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DE EUSÉBIO (18) CORRUPÇÃO (16) BAIRRO PARQUE SANTO ANTONIO (PEDRAS) (15) NOTICIAS CURTAS (14) ELEIÇÕES 2012 (12) BAIRRO JABUTI (11) DATAS COMEMORATIVAS (10) BAIRRO PARQUE HAVAI (8) SALMOS (7) NOTICIA DO DIA (6) A PIADA DO DIA (5) EUSÉBIO X AQUIRAZ (5) Avaliação politica no Eusébio (4) BAIRRO PRECABURA (4) CONTROVERSAS DOS COMPROMISSOS DO SUCESSOR DE ACILON GONÇALVES (4) LEI ORGÂNICA DE EUSÉBIO (4) UTILIDADE PÚBLICA (4) AGRADECIMENTOS (3) Denuncias (3) PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DO GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ (3) REFLEXÃO (3) VOCÊ SABIA? (3) BAIRRO AUTÓDROMO (2) BAIRRO COAÇÚ (2) BAIRRO LAGOINHA (2) BAIRRO SANTA CLARA (2) CAMPANHA POLITICA (2) COMETÁRIOS DE VALDEMAR COSTA (2) COMUNICADOS (2) CONSELHO TUTELAR (2) Campanhas (2) FIQUE POR DENTRO (2) JORNAL CIDADE LUZ (2) PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL (2) RECONHECIMENTO (2) UPA (2) VALE A PENA POSTA DE NOVO. (2) AQUIRAZ EM FOCO (1) ASSEDIO MORAL (1) Alerta (1) BLOG DA DILMA (1) CARNAVAL 2012 (1) CONHEÇA O MUNICIPIO DE EUSÉBIO NO CEARÁ (1) DECLARAÇÃO DE BENS DOS POLÍTICOS DE EUSÉBIO EM 2008 (1) DIÁRIAS DOS VEREADORES (1) EMQUETE (1) ESTATÍSTICAS DO BLOG (1) ESTATÍSTICAS DO BLOG. (1) EUSÉBIO ONLINE ESCLARECENDO O POVO. (1) Educação no Eusébio (1) LEI FICHA LIMPA (1) MENSAGENS (1) NOTÍCIAS EXCLUSIVAS (1) OPOSIÇÃO X SITUAÇÃO (1) PERGUNTA E RESPOSTAS (1) PESQUISA (1) REQUERIMENTOS DA VEREADORA CIRA (1) RESULTADOS POSITIVOS (1) SESSÕES DA CÂMARA (1) bai (1) promessa de campanha (1)

LEIS E CÓDIGOS

PESQUISE AQUI ASSUNTOS REFERENTE A ESTE BLOG

Carregando...

COMENTÁRIOS RECENTES

CLIK NA IMAGEM E IRÁ DIRETO PATA O FACE

Translate

Homem ganha popularidade por carregar uma cruz

VALE APENA VER DE NOVO

Matéria que fala sobre o Desabamento no Hospital de Sobral.

Veja o vídeo abaixo e comente.

Seguidores